black-friday-cdl

A sexta-feira mais esperada pelo comércio já está chegando, Black Friday, e essa é a hora de olhar atentamente o que a sua empresa ainda precisa fazer para que essa seja uma data de sucesso e realizações.

Contudo, essa não é uma data esperada apenas pelos comerciantes, mas pelos consumidores também, que estão cada vez mais atentos, pois, quando essa data veio para o Brasil, alguns negócios realizaram pegadinhas, onde os produtos eram vendidos pela “metade do dobro”.

Segundo o site Reclame AQUI, que realiza o monitoramento da Black Friday, em 2019 foram registradas no site 121.359 reclamações pelos consumidores, 24,7% a mais do que na edição de 2018.

O monitoramento foi realizado do dia 29 de Novembro de 2019 até 31 de Janeiro de 2020, pois eles dizem que o ciclo desse evento gira em torno de 60 dias, já que a compra é realizada, mas muitas reclamações também são originárias das entregas e do pós-venda.

Eles ainda alertam os clientes para a edição de 2020, recomendando que as pessoas pesquisem sempre a reputação das marcas e as experiências de outros consumidores para evitar cair em golpes e não correrem o risco de não receberem as compras.

Você percebeu como é importante estar preparado para essa data? Sua empresa não deve se preocupar apenas em vender, mas em todo o fluxo que vai acabar gerando bons resultados, seja no momento de atrair e nutrir esses clientes até o feedback final da compra para a fidelização.

Sendo assim, vamos te dar 10 dicas sobre o que fazer na Black Friday, pois temos certeza de que você não vai querer perder clientes e nem estar no ranking do Reclame Aqui, não é mesmo?! E essas dicas são válidas para quem tem loja física e para quem tem e-commerce. Confira!


1 – Ofereça descontos que, realmente, são descontos


Como já dissemos acima, vender seus produtos pela metade do dobro não funciona. Os consumidores estão alertas para esse tipo de prática e já existem ferramentas gratuitas que ajudam a identificar esse tipo de ação.

Não prejudique a imagem da sua empresa, ofereça descontos verdadeiros, que vão fazer os seus clientes comprarem seus produtos e acreditarem na reputação do seu negócio.


2 – Venda produtos que possuem estoque


Você já comprou alguma coisa que não chegou? Pois é, com seu cliente não vai ser diferente. Não queira apenas lucrar por lucrar nessa data, queira lucrar com produtos que você tem em estoque e que estão em condições de venda.


3 – Tenha várias opções de pagamento


Data muito esperada é igual a alta concorrência.

Perder o seu cliente por oferecer apenas um método de pagamento é um erro bem comum, então diversifique o máximo que puder para oferecer compras a crédito, parceladas, em boletos bancários ou mesmo no débito, pois nessa época muitas pessoas já receberam a primeira parcela do décimo terceiro.


Dica Bônus – Realize análises de crédito


Vender é importante para o seu negócio, mas receber por essas vendas é bem mais.

Realizar análises de crédito podem ajudar a sua empresa a não cair em calotes, ainda mais nessa época do ano, onde sabemos que pessoas mal intencionadas costumam agir com maior frequência. Essa é uma dica bônus que vale para o ano inteiro, mas que nessa época se torna primordial para a saúde da sua empresa.


4 – Planeje a sua política de troca


Ao realizar uma compra, a pessoa adquiri o direito de realizar a troca, e na Black Friday não é diferente, ainda mais quando o seu negócio é online.

O pós-venda dessa data também é muito importante para garantir o sucesso do que foi planejado e, por isso, é imprescindível divulgar e deixar claro a política de troca da sua empresa.

Tudo isso é necessário para evitar aborrecer o seu cliente e evitar que ele procure sites de defesa do consumidor, como o Procon e o Reclame Aqui. E aqui cabe uma dica extra, porque se você tem loja online e ponto físico, possibilite a troca do online no físico, tente ajudar ao máximo o seu consumidor.

Tudo o que você precisa saber sobre negativação


5 – Faça promoções com produtos que são mais procurados e desejados


Todos sabemos que essa data é ótimo para dar vazão a produtos que estão lá parados a algum tempo, mas você pode fazer mais que isso oferecendo itens de alta procura com descontos, pois isso vai ajudar a atrair mais clientes e garantir um maior volume de vendas.


6 – Valorize os seus antigos clientes


A gente entende que a palavra da Black Friday, para os empreendedores, é vender. Não se limite a ela!

Essa data acabada trazendo muitos novos clientes, mas você não pode deixar de lado os seus antigos consumidores. Defina estratégias para atrair e instigar esses clientes mais antigos, ofereça um cupom especial de desconto, mande uma lista de produtos que vão estar em promoção, valorize essas pessoas para fortalecer o elo entre vocês.


7 – Planeje suas entregas


Atrasos nessa época do ano são bem comuns, já que a demanda é muito alta, porém tudo tem o seu limite.

Poste as compras o mais rápido possível, tenha tudo bem alinhado com a transportadora que você tem parceria e, no seu site, coloque fretes factíveis, porque isso vai contribuir com bons resultados e clientes satisfeitos.

Além do mais, seja transparente com o seu cliente quando algo sair do planejado.


8 – Faça uma revisão no seu site


Esteja ciente de que o tráfego em seu site pode ser muito maior que o normal e, por isso, é muito importante que você faça uma revisão. Compras que não puderam ser finalizadas e instabilidade em sites estão entre as maiores reclamações de consumidores.


9 – Prepare o seu ambiente e a sua equipe


Considerando que a Black Friday é um evento anual, onde muitas pessoas querem promoções, querem gastar dinheiro, você precisa entender que a sua loja precisa estar preparada para tudo isso.

Crie um ambiente legal para essa época, pense na sua estrutura, se a quantidade de caixas é suficiente, converse com o seu time de funcionários para que eles estejam preparados para um dia agitado e fora do normal.


10 – Crie estratégias offline e online


Quanto mais você se empenhar para que a sua empresa seja vista, melhor. Realize ações que vão trazer visibilidade, que instiguem as pessoas a procurarem o seu negócio.

Faça uso das mídias sociais para chamar atenção e comunicar, pois, além de serem ferramentas gratuitas, podem ser usadas como um canal de aproximação, onde você fala diretamente com seus clientes e prospects.


Fonte: https://noticias.reclameaqui.com.br/noticias/volume-de-reclamacoes-na-black-friday-2019-ate-agora-ja-supe_3839/

banner horizontal solucao em credito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *