Política de Crédito para PMEs

Ter uma política de crédito eficaz é essencial para o bem-estar do seu negócio. Contudo, quando o assunto abrange PMEs (pequenas e médias empresas), esse tema se torna ainda mais relevante, já que bons resultados em produtividade não garantem que a sua empresa não seja impactada por altos níveis de inadimplência.

O grande problema é que muitos empreendedores ainda não sabem como criar uma política de crédito e cobrança, como ela impacta a empresa, quais as vantagens ou mesmo quais tecnologias utilizar.

Então, para descomplicar tudo isso e responder diversas questões sobre o assunto, esse conteúdo vai abordar os pontos mais relevantes para que você possa compreender e aplicar no seu negócio.

Boa leitura!


Afinal, o que é uma política de crédito?


Uma política de crédito é composta por um grupo de regras utilizadas para fechar vendas por meio de faturamento a prazo. Ou seja, ela oferece critérios para que novas vendas sejam fechadas e para recuperação de crédito.

Com todos esses critérios estabelecidos, é muito mais fácil saber quando é a hora certa para conceder uma venda faturada para um determinado cliente. Isso porque é muito importante ter em vista o tipo de risco que se corre ao fazer negócios que não tenham pagamentos adiantados.

Lembre-se que quando você deixa de receber por vendas de produtos ou serviços, a sua empresa tem mais chances de ter o fluxo de caixa comprometido, resultando em uma grande instabilidade nas finanças. Com isso, você comprometerá a sua operação, as despesas, os lucros e aumentará as probabilidades de tornar o seu negócio inadimplente. Afinal, você deixará de honrar os pagamentos com seus fornecedores.

Acho que deu para entender como a política de crédito é fundamental para manter a saúde financeira da sua empresa, certo? O mais importante é lembrar que ela contribui, e muito, para que decisões erradas não sejam tomadas, pois o resultado pode ser a falência.


Quais são as vantagens de estabelecer uma boa política de crédito?


Uma política de crédito, que seja criada conforme as necessidades do seu negócio, traz diversas vantagens, sendo uma delas a redução da inadimplência, como já mencionado mais acima. Então, além dessa, vou te mostrar mais alguns benefícios:

– Redução dos altos índices de inadimplência: através de critérios de análise mais rigorosos, a política de crédito garante que acordos para concessão de crédito sejam realizados com mais segurança, gerando mais receita.

– Diferencial competitivo potencializado: a política proporciona a realização de vendas de maneira mais ágil, uma vez que seus clientes receberão respostas mais rápidas e sem complicações que possam atrapalhar os negociamentos.

– Interesse de novos clientes: tendo esse ganho no diferencial competitivo, a sua empresa começa a ganhar maior visibilidade e se torna apta a conquistar novos clientes de maneira mais rápida, já que seus clientes terão o seu negócio como indicação para outros.

– Maior qualificação das vendas: criando uma política de crédito que esteja de acordo com o ramo da sua empresa, se torna muito mais fácil reconhecer oportunidades de negócios que sejam boas.


Como definir uma política de crédito que seja eficaz?


Para definir uma política de crédito que seja eficaz para o seu negócio, existem dois pontos importantes que precisam ser considerados.

Tudo o que você precisa saber sobre negativação


Primeiro ponto: adotar melhores práticas


O que você precisa fazer, antes de tudo, é compreender muito bem qual é o perfil do seu cliente. E para tornar esse processo um pouco mais simples, você pode utilizar uma solução para consulta de CNPJ e para consulta de CPF. Elas vão contribuir com a identificação de perfil e com a verificação da situação atual de cada consumidor que utiliza seus produtos ou serviços. Além disso, você pode criar categorias de consumidores, onde você determina condições de vendas específicas para cada uma delas.

Após essa compreensão, você precisa estipular critérios para a análise de crédito. Claro que isso vai variar muito conforme o seu setor de atuação e do perfil dos seus consumidores. Entretanto, você pode utilizar os 5 C’s do crédito (capacidade, colateral, caráter, condições e capital) como um guia.

E, além de tudo isso, é necessário treinar os seus colaboradores e balancear o crescimento das vendas com a “rigidez” na concessão de crédito. Isso porque é muito importante que todos estejam cientes das regras estabelecidas pela sua empresa.

No entanto, condições mais rigorosas tornam mais difícil a conquista de novos clientes. Dessa forma, você deve encontrar um ponto de equilíbrio para que o seu negócio cresça de maneira saudável.


Segundo ponto: contar com a ajuda da tecnologia


Outro ponto relevante é a tecnologia. Sempre que for possível, a sua empresa precisa investir em softwares tecnológicos para otimizar processos, trazer maior assertividade, além de segurança.

Por isso, além da consulta de CPF e CNPJ, o seu negócio pode contar com outras ferramentas digitais para ter uma excelente política de crédito e cobrança, como o score de crédito e o cadastro positivo.


Score de Crédito


O score de crédito é um modelo estatístico que prevê a probabilidade de um CPF ou CNPJ se tornar inadimplente, de acordo com o período solicitado pelas empresas.

O score utiliza o sistema de pontuação, que tem por objetivo ajudar as empresas e os consumidores a fazerem negociações de crédito seguras e eficientes.

Para que a pontuação do score seja calculada, são consideradas muitas informações relevantes, como:

– Dados cadastrais;

– Dados comportamentais com o mercado;

– Registros de inadimplência no SPC Brasil;

– Informações dos dados do Cadastro Positivo.

Todas essas informações contribuem para que as empresas possam oferecer prazos e taxas mais adequadas para cada perfil, beneficiando a todos.


Cadastro Positivo


Já o cadastro positivo surgiu para transformar positivamente o processo de análise e concessão de crédito sendo um banco de dados formado pelo compartilhamento do histórico de compras e pagamentos a crédito dos consumidores, pelas empresas ao mercado, por meio dos Gestores de Banco de Dados (GBDs), como o SPC Brasil.

Ele mostra os hábitos de pagamentos e comportamentos dos consumidores, Pessoa Física e Pessoa Jurídica, com as empresas no que diz respeito as operações de crédito e financeiras. Ou seja, operações que foram quitadas ou estão em andamento com as datas de pagamentos correspondentes.

Sendo assim, a sua empresa deve elaborar um protocolo de análise de crédito onde seus colaboradores precisam consultar essas duas soluções antes de realizar as vendas. Afinal, elas tornarão todo o processo mais seguro e eficaz.

Agora que você já sabe como uma política de crédito é essencial para o seu negócio, estabeleça a sua ou faça uma revisão na existente. Aproveite os pontos destacados para potencializar essa estratégia, já que ela vai permitir que você tome decisões mais seguras e assertivas para a sua empresa.

banner horizontal solucao em credito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *