Dica-analise-credito-cdl


A análise de crédito é um fator muito importante para garantir o bom funcionamento da sua empresa, já que, quando feita corretamente, ajuda a trazer mais segurança, diminui os índices de inadimplência, melhora o relacionamento com seus clientes, trazendo sucesso para o seu negócio.

Para que a sua empresa possa conceder crédito, é preciso verificar se o seu cliente terá condições de cumprir com o que foi acordado por ambas as partes. E, para chegar nessa finalidade, todo o processo precisa ser muito bem planejado e executado por meio de boas práticas.

Através de algumas dicas bem valiosas, o seu negócio vai poder realizar uma análise de crédito mais precisa, assertiva e segura. Confira quais são as 6 dicas que separamos para você:


1 – Mantenha o cadastro dos seus clientes atualizados


Com o passar do tempo, é importante verificar se os dados que você tem sobre os seus clientes estão atualizados, pois dados ultrapassados deixam de ser úteis e acabam atrapalhando todo o processo.

Você pode solicitar mais informações para tornar esses dados ainda mais ricos, pois números e detalhes ajudam a tornar a sua análise mais justa, além de segura, já que você vai poder conhecer mais esses clientes.

E para trazer mais facilidade ao processo, aconselhamos a integração de todas as informações por meio de um sistema, visto que você o tornará mais simples e ganhará mais agilidade.


2 – Determine limites de crédito


Para garantir a saúde financeira da sua empresa é preciso estar preparado, e determinar limites de crédito para seus clientes faz muita diferença em todo o processo, pois te traz maior segurança e, o melhor, oportunidades.

Mas como assim oportunidades? É bem simples, porque ao invés de você negar uma venda a prazo, você diz que pode ofertar aquele determinado limite de crédito, gerando uma situação mais agradável para seu consumidor e receita para o seu negócio.

É muito importante lembrar que determinar um limite de crédito para cada cliente necessita de um estudo sobre a viabilidade, considerando a capacidade de pagamento, visto que cada um possui uma característica específica.

Você também pode optar por avaliar quanto a sua empresa pode ter de prejuízo, sem sofrer altos impactos, e estipular um limite de crédito com valor abaixo.


3 – Desenvolva uma política de crédito para o seu negócio


Essa é uma dica daquelas, porque ela está relacionada a segurança na hora de realizar negociações. Quando você tem uma política de crédito de acordo com o perfil e necessidades da empresa, você está garantindo que esse processo seja confiável e vantajoso.

Para que isso se torne possível, analise as condições dos consumidores, veja os resultados esperados com vendas, faça uso da personalização para realizar avaliações e leve em consideração que cada cliente é único, então o considere de forma individual.

E não se esqueça de que o seu fluxo de caixa é a parte mais importante ao realizar essas análises e determinar condições. Então tome decisões sempre pensando na saúde financeira da sua empresa, reduzindo as perdas ao máximo.

Tudo o que você precisa saber sobre negativação


4 – Sempre verifique a sua carteira de clientes


Não esqueça de verificar a sua carteira de clientes, sério!

Com a correria do cotidiano, pode ser que você esteja deixando isso um pouco de lado, mas saiba que, utilizando a ferramenta certa, você pode ter mais oportunidades de vender o seu produto ou serviço, pois é na sua carteira de clientes que estão as pessoas certas para o seu negócio.

Contudo, essa verificação não se aplica apenas a criação de oportunidades, já que ela também permite que você monitore a capacidade de pagamento dos clientes, ou seja, se houver alguma alteração significativa, você estará preparado para tomar as decisões certas, e não será surpreendido mais para frente.


5 – Esteja atento ao perfil dos seus consumidores


Pode parecer óbvio para algumas pessoas, mas esteja sempre atento ao perfil e aos hábitos dos seus consumidores, pois eles podem interferir em algumas transações e, por isso, é sempre bom verificar o score de crédito, dados financeiros, várias fontes diferentes para compor a sua análise.

Todos esses dados vão ser úteis para o time de vendas poder desenhar o perfil almejado e agir de maneira assertiva. E, além disso, podem ser utilizados para identificar possíveis riscos em negociações.

Importante ressaltar que você deve verificar os maus pagadores e os bons também, porque eles estarem adimplentes em apenas um quesito, não significa que eles irão, de fato, cumprir o que foi acordado, isto é, pagar todas as parcelas em dia.


6 – Entenda os riscos


Tudo nesse mundo está sujeito a algum tipo de risco e, por esse motivo, é muito importante saber o risco de crédito que afeta a sua empresa. Esse procedimento passa por uma análise que garante a avaliação de todos os dados disponíveis.

Sem essa avaliação, fica muito difícil saber se as reservas do seu negócio, de capital, refletem os riscos, por exemplo. Essa etapa é essencial para a proteção da sua empresa, pois estando ciente do que pode ameaçá-la, você se prepara e fica sempre um passo à frente dos problemas que podem surgir.


Conta para gente o que você achou das dicas sobre análise de crédito que separamos para você! Você pode assinar a nossa Newsletter para receber mais conteúdos como esse.

Aproveite para conferir as soluções de crédito que podem fazer a diferença na sua empresa!

banner horizontal solucao em credito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *