Cultura de uma empresa

Cultura, negócios e pessoas. Você já pensou como funciona essa relação na sua empresa?

Todos os ecossistemas, stakeholders, negócios e organizações possuem uma coisa em comum: as pessoas. Simon Sinek, que se referencia como otimista e um apaixonado por negócios e pessoas define: “100% dos clientes são pessoas. 100% dos empregados são pessoas. Se você não entende de pessoas, não entende de negócios”.

Então o meu questionamento para você, empresário, é o seguinte: o seu negócio também é feito por pessoas?

Para ajudar com essa resposta, listei os principais pontos sobre a cultura de uma empresa, como as pessoas estão inseridas neste contexto e dicas valiosas que você precisa conhecer. Vamos lá?


A cultura é a chave para um negócio de sucesso


Quando temos pessoas, naturalmente, teremos uma cultura. Todas as organizações possuem uma: todas!

Mesmo que você não priorize esse tema, que não tenha nada escrito, que sua empresa conte com poucas ou muitas pessoas, não importa, todas as empresas têm uma cultura.

A cultura de uma empresa é um conjunto de combinações que vão nortear as decisões, atitudes e ações no dia a dia, independentemente do nível hierárquico, facilitando o atingimento dos resultados esperados.

Ela é tão importante dentro de uma organização que Jack Welch, considerado um dos personagens principais do mundo dos negócios, liderando a General Eletric a resultados robustos, destaca: “A cultura come a sua estratégia no café da manhã”.

Você consegue ver como a cultura de uma empresa é importante para que ela, de fato, funcione e gere bons resultados? Se você ainda não tinha se dado conta disso, é melhor não perder o que vem a seguir.


5 dicas valiosas sobre cultura empresarial


Se você ainda não tinha valorizado esse tema na sua empresa, não precisa se preocupar. É sempre melhor começar tarde, do que nunca começar.

Por isso, para tornar esse caminho um pouco mais fácil, separei 5 dicas que vão te ajudar, e muito, a explorar esse tema na sua empresa e valorizar as pessoas que estão nela. Veja só!


1 – Pesquise a cultura de empresas que você admira


Atualmente, temos várias empresas que divulgam publicamente a sua cultura. Vale a pena buscar empresas que você admira e fazer uma pesquisa para conhecer cada uma delas.

Aqui vão alguns exemplos bem legais: Google, Facebook, XP, Reserva, Natura, Ambev, Meliuz. Você só precisa acessar o site de cada uma para encontrar facilmente essas informações.

banner de consulta horaizontal


2 – Conte com a ajuda das pessoas que estão ao seu redor


Convidar todas as pessoas envolvidas, incluindo sócios, para discutir como sentem o dia a dia da empresa. Isso porque você não precisa, e não deve fazer nada sozinho.

Um ponto importante aqui é apresentar alguns cases de outras empresas para ajudar a fomentar a discussão.


3 – Escreva a cultura do seu negócio sempre que puder


O exercício de escrever sempre ajuda a esclarecer e garantir o entendimento coletivo.

É sempre bom reforçar aquilo que transmite a essência da empresa, o que vocês acabam vivenciando no cotidiano. Portanto, escreva a sua cultura sempre que puder.


4 – O que está escrito precisa ser praticado


Garantir que todos os processos, de fato, estejam atrelados a cultura, desde Recrutamento, até o desligamento de pessoas, passando por negociações comerciais, gestão de equipes etc.

Você já imaginou a Ambev, com a sua forte cultura de meritocracia, contratar alguém que não acredita nisso? Não vai dar certo!


5 – Torne a sua cultura visível


Crie rituais que possam sempre reforçar o que precisa ser transmitido. Exemplos: lembretes visuais, como paredes, powerpoints, abrir reuniões falando sobre, fazer eventos com cases em que ela ajudou na tomada de decisão.

São muitas as opções que podem ser praticadas na sua organização. Então aproveite para escolher pessoas embaixadoras/multiplicadores da cultura e conversar sobre a melhor maneira de fazer isso.


Agora que você já sabe a importância e algumas dicas para criar, repensar, a cultura da sua empresa, você percebeu como funciona essa “bola de neve do bem”?

Uma cultura forte e clara proporcionará mais foco e eficiência, que vai proporcionar mais satisfação da equipe, aumentar as vendas, reduzir custos e continuar se desdobrando positivamente.

Ter uma cultura forte é incrível, não é mesmo?

Autor: André Azevedo

banner horizontal solucao em credito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *